Correios divulga novo serviço de telefonia móvel

correios

Agora os brasileiros poderão contar com mais um serviço de telefonia móvel, dessa vez lançado pelos Correios. O lançamento aconteceu no dia 6 de março, e segundo a empresa de distribuição o serviço possui chips próprios com a marca dos Correios, recargas específicas para um plano pré-pago. Essa novidade saíra pelo valor de 30 reais no plano pré-pago, e possibilitará que o cliente fale por 100 minutos para qualquer número, fixo ou celular, e de qualquer operadora. O cliente ainda poderá optar pelo crédito de 100 SMS por mês.

Os Correios apostam no público que ainda não possui nenhum serviço de telefonia móvel para adquirir seu mais novo serviço, ou ainda pessoas que estão insatisfeitas com os serviços existentes no mercado. A empresa ainda estima que esse novo serviço irá atrair cerca de 500 mil clientes, além disso, os Correios pretendem conquistar 8 milhões de clientes em cinco anos. Embora as projeções já falam de números altos, o serviço que será fornecido através da parceria da EUTV – empresa que cuidará da parte de infraestrutura de telecomunicações – no momento somente os paulistanos poderão usufruir do serviço que pode ser encontrado nas 12 agências espalhadas pela cidade de São Paulo.

A empresa de distribuição pretende ampliar sua área de cobertura de forma gradual até atingir todo território nacional. A curto prazo, os Correios irá implantar 164 unidades em toda a região metropolitana, e a médio prazo, a empresa pretende expandir para Belo Horizonte e Brasília. Os planos da distribuidora é de que a longo prazo o serviço esteja disponível a todos os brasileiros.

O serviço ofertado pelos Correios ainda contará com internet móvel de alta velocidade, podendo ser 3G e 4G, de acordo com a disponibilidade de cada região. Diferentemente das outras operadoras, os Correios pretendem não fazer cortes quando o cliente atingir seu total de 1G de franquia. Através dessa internet móvel, o cliente ainda poderá acessar o aplicativo WhatsApp sem ter seus dados móveis consumidos.

Segundo Guilherme Campos que é presidente dos Correios, a empresa deve alcançar um faturamento de 14 milhões de reais somente neste ano, ele estima que até 2018 a empresa consiga faturar 60 milhões de reais. Já a estimativa de longo prazo, é de que em cinco anos o faturamento chegue aos 300 milhões de reais.

No Brasil, o setor de telefonia é um dos que mais recebem reclamações por parte dos consumidores. Campos alegou que as queixas dos usuários foram avaliadas para que os Correios possa atender melhor os seus clientes. Guilherme Campos disse: “Estamos entrando no mercado com uma posição muito mais confortável porque aprendemos muito com os erros dos outros com conhecimento das principais causas de mau serviço para evitar essas principais reclamações”.