Banda Viper formada por Cassio Audi, Andre Matos, Pit e Yves Passarell e Felipe Machado

A banda Viper teve início no ano de 1985, formada pelo vocalista Andre Matos, o baterista Cassio Audi, o baixista Pit Passarell, e os guitarristas Yves Passarell e Felipe Machado. As atividades da banda começaram a partir dos álbuns The Killera Sword e Projeto SP Metal.

Devido a qualidade do álbum Soldiers of Sunrise, considerado como um dos melhores álbuns do gênero no país, a banda foi chamada de Iron Maiden brasileira.

A partir do ingresso do tecladista Junior Andrade no ano de 1987, a banda experimentou mudanças no seu som. O grupo passou a tocar um heavy metal mais melódico, antes dessa mudança, a banda Viper tocava um heavy metal tradicional.

Através do álbum Soldiers of Sunrise, a banda de Andre Matos, Cassio Audi, Pit Passarell, Yves Passarell e Felipe Machado conquistou elogios de revistas especializadas do mundo da música, como a Metal Hammer, a Kerrang e a Metal Forces. Com o sucesso, a banda foi convidada para abrir o show do MotörHead no país.

A banda Viper teve diversos bateristas, antes do posto ser ocupado por Cassio Audi, quem comandava a bateria era o baterista Anderson Ribeiro.

As divergências ocorrem nas melhores famílias e também nas melhores bandas, e foi isso o que aconteceu com a banda Viper. O músico Andre Matos, que até então era o vocalista da banda, resolveu sair do grupo, um dos motivos foi o desacordo em relação ao som da banda (Andre Matos queria voltar a tocar o heavy metal tradicional). Com a saída do músico, os vocais passaram a ser ocupados por Pit Passarell.

O álbum Evolution, mostrou o som de um metal mais pesado, um heavy/trash. Mostrou também um som mais maduro, e o álbum foi considerado como um dos melhores da banda.

Já em 1989, a banda produziu o álbum Theatre Of Fate. As gravações do álbum foram feitas no Brasil e posteriormente mixado na Inglaterra, pois foi produzido pelo britânico Roy M. Rowland. O álbum Theatre Of Fate contou com a utilização de novos instrumentos, como o piano, além de contar com uma orquestra clássica.

Até o ano de 1993, a banda Viper percorreu a Hungria, Alemanha, Suíça, Áustria, Argentina e Japão, devido a tour dos álbuns Evolution e Vipera Sapiens. No Japão, a banda gravou o álbum Maniacs in Japan, em Tóquio. No mesmo ano, o grupo foi convidado para abrir dois shows do Metallica no Brasil.

Já em 1994, a banda viajou para o Estados Unidos, em Los Angeles, para gravar o álbum Coma Rage. No retorno ao Brasil, a banda participou do festival Monsters of Rock, nesse evento o Viper tocou com Tendencies, Suicidal, Slayer e Kiss.

A banda continua na ativa, apesar da formação não ser mais a mesma do começo do grupo. Entretanto, a banda inicialmente formada por Andre Matos, Cassio Audi, Pit Passarell, Yves Passarell e Felipe Machado, se reinventou para conquistar novos objetivos.

Integrantes antigos e atuais da banda:

Cassio Audi (Bateria, 1985-1989)

Yves Passarell (Guitarras, 1985-1996, 2001)

Renato Graccia (Bateria, 1991-1996, 2005-2012)

Sérgio Facci (Bateria, 1989)

Val Santos (Guitarras, 2001-2007, Bateria, 1989)

Ricardo Bocci (Vocal, 2004-2010)

Andre Matos (Vocal, Teclados, 1985-1990, desde 2012)

Pit Passarell (Baixo, 1985-1996, desde 2001, Vocal Principal, 1990-1996, 2001-2004, 2010-2012)

Guilherme Martin (Bateria, 1989-1991, 2001-2005, desde 2012)

Felipe Machado (Guitarras, 1985-1996, desde 2001)

Hugo Mariutti (Guitarras, desde 2007)