Livros são vendidos por estudantes para ajudar recém-nascidos

Estudantes do curso de Medicina da UFT (Universidade Federal do Tocantins) querem arrecadar recursos para que possam comprar equipamentos que faltam na maternidade Dona Regina, na cidade de Palmas, Estado do Tocantins. Conforme relato dos próprios estudantes, tais equipamentos são de extrema importância no atendimento aos recém-nascidos. Porém, a maior dificuldade ainda é relacionada ao valor que deve ser levantado, pois o preço de um aparelho, como uma incubadora de transporte apenas, por exemplo, custa algo em torno de R$27,5 mil.
O total orçado como montante, para a compra de todos os equipamentos necessários é de R$125,6 mil, os quais serão utilizados na sala do parto, são eles: duas incubadoras de transporte de recém-nascidos, seis oxímetros de pulso neonatal, quatro ressuscitadores infantis e quatro monitores multiparamétricos. Conforme o estudante Arthur Moreira Gomes, o levantamento dos equipamentos necessários foi feito por órgão do próprio Estado do Tocantins, assim como o orçamento dos valores envolvidos.
A turma de estudantes que está pleiteando levantar recursos para a compra dos equipamentos é da Liga Acadêmica de Neurociência, e a ideia teria surgido no próprio contato diário que os mesmos tem no hospital. Segundo os alunos envolvidos, pode até parecer muito dinheiro, porém o desejo de ajudar em uma causa tão nobre e necessária é muito maior, principalmente porque a falta dos equipamentos certamente irá aumentar ainda mais o risco de mortalidade, além da indicação de possíveis sequelas de forma permanente no quadro neurológico dos recém-nascidos.
Os alunos já conseguiram arrecadar R$1.250,00 com a venda de livros, mas sabem que o valor está ainda bem aquém do que necessário, mas conforme vão arrecadando já serão feitas as compras, como o caso dos ressuscitadores, os quais custam R$1.250,00 cada um.
Um dos incentivadores da campanha é o professor da UFT, o doutor em Psiquiatria Leonardo Baldaçara, o qual é autor do livro que está sendo vendido. São 200 exemplares ao todo, que foram doados para a ação e estão sendo vendidos a R$35,00 a unidade.
A maternidade alvo de apoio dos estudantes é a maior da região, o Dona Regina atende casos graves e sabe-se que a demanda é bastante grande. Portanto uma das formas de prevenção de futuras doenças mentais é exatamente atentar-se na gestação, no momento do parto e também nos primeiros meses de vida do recém-nascido, conforme afirmou o Dr. Baldaçara.
A arrecadação do dinheiro com a venda dos livros para a compra de equipamentos seguirá até o final do ano. Mais informações, assim como contatos poderão ser feitos através do link.
O objetivo principal é que seja comprado ao menos um equipamento de cada, dos que estão faltando na maternidade.