Mullen Lowe Brasil – que tem como co-CEO José Henrique Borghi – começa bem 2017

A Mullen Lowe Brasil – antiga Borghi Lowe de José Henrique Borghi – já começa o ano comemorando. O primeiro trimestre de 2017 começou bem – com a chegada de cinco novas contas para a agência de propaganda. São elas: a Coral, fornecedora de tintas e outros materiais para pinturas residenciais e industriais; a Sparlack e a Hammerite, que atuam no mesmo setor; a Harley Davidson, fabricante e vendedora do ramo motociclístico; e a rede de lojas de departamento Casa e Vídeo, que, inclusive, já integrou a cartela de clientes em uma outra ocasião.

Com as cinco novas contas, a antiga Borghi Lowe e o seu departamento de criação tem trabalhado a todo o vapor. Segundo o atual co-CEO José Henrique Borghi – na parte de inovação e criatividade da empresa – esta é uma grande oportunidade para todos os colaboradores da companhia. O executivo conta que algumas campanhas, inclusive, já estão em andamento, aguardando apenas a fase de aprovação por partes dos clientes. Borghi ainda salienta que vislumbra futuras parcerias com os clientes conquistados.

Para o outro co-CEO da Mullen Lowe Brasil, André Gomes – que cuida da parte gerencial da empresa – o bom período se refletirá ao longo de 2017, construindo uma nova era dentro agência de publicidade. De acordo com Gomes, as cinco novas marcas adquiridas como contas da empresa, são de preferência dos consumidores – o que significa uma maior incidência em setores novos para a organização. Ele ainda ressalta a ansiedade e a expectativa de como ocorrerão futuros trabalhos com a clientela adquirida pela Mullen Lowe Brasil.

A boa fase

A boa fase da agência de José Henrique Borghi, não é por acaso. A Mullen Lowe Brasil foi uma das empresas que recebeu avaliação positiva na pesquisa realizada pela Agency Scope, entre os meses de março e setembro do ano passado – ela destacou-se em alguns quesitos relevantes no meio publicitário. O estudo em questão teve a participação de 405 colaboradores oriundos de 372 organizações, onde 42 dos profissionais envolvidos eram executivos e 304 eram publicitários.

Com os dados do levantamento da Agency Scope, pôde-se perceber que a Mullen Lowe Brasil exerce liderança no mercado em que atua – visto que, a empresa dispõe de várias ideias capazes de suscitar interações com meios variados, tornando o retorno sobre investimentos algo bastante rentável para os clientes.

Quando o assunto é a aproximação da diretoria da empresa no cotidiano dos consumidores, a Mullen Lowe Brasil também se destaca – o que configura um índice alcançado ao longo de três anos consecutivos. De acordo com os dados da pesquisa Agency Scope, observou-se uma forte presença dos gestores da agência de publicidade, com destaque para José Henrique Borghi, quando se trata do alcance das metas dos clientes da companhia.

José Henrique Borghi, inclusive, já esteve entre os publicitários mais criativos do Brasil, quando ocupou a 9ª posição da lista, publicada em abril de 2015, pela revista GQ Brasil – originalmente Gentlemen’s Quarterly – dos 20 publicitários mais influentes do país.